Burel sheep.jpg

BUREL

O burel é um tecido artesanal português, tradicionalmente utilizado por pastores nas altas montanhas, no coração da Serra da Estrela, no interior de Portugal.

A sua versatilidade, alta resistência e robustez são características cada vez mais valorizadas, o que o leva a suportar um uso intensivo sem alterar a cor ou forma, tornando-o ideal para diferentes produtos.

É na serra que encontramos a Bordaleira e a Churra, duas raças autóctones de ovinos, que dão aos nossos fornecedores a matéria-prima para a produção do burel, o nosso tecido de lã.

Para a sua produção, eles recorrem a pastores locais, que em sintonia com o ritmo das estações, pastam as suas ovelhas ao ar livre nas encostas das montanhas, onde a erva é mais macia e rica em minerais, tornando a lã mais suave.

As ovelhas são tosquiadas pelo menos uma vez por ano, geralmente no final do inverno, este é um processo necessário para o animal que só lhe traz benefícios e conforto: facilita a reprodução, elimina parasitas e deixa o animal mais fresco para o verão.

A tosquia é feita manualmente e individualmente, com tesoura e segurando as ovelhas com as mãos, minimizando qualquer constrangimento ao animal. A tosquia é uma arte milenar mantida pelo conhecimento das gentes da serra, permite preservar uma tradição ancestral e manter viva a cultura de um povo.

Após a tosquia, a lã é curtida para retirar as impurezas, lavada, penteada à mão e só depois armazenada para ser transformada até chegar ao processo final.

Os fardos de lã entram numa máquina que abre as fibras e mistura as cores ao mesmo tempo que as amacia, após esse processo ela irá descansar por algumas horas e depois começará a ser cardada. Depois os rolos são colocados na fiação que irá fazer a torção e o estiramento formando o fio, que posteriormente passa para as bobinas dando início à tecelagem.

Os teares são preenchidos com bobinas e canelas para iniciar o trabalho de tecelagem, transformando a lã em tecido, depois vem o processo de acabamento, que vai transformar esse tecido, no tecido final com a maciez, cor e resistência que vemos no burel.

O tecido é batido no pisão ao mesmo tempo que é humedecido, o que faz com que o tecido encolha cerca de 30% a 40%, feltrando e ganhando a espessura desejada, e estabilizando o tecido. Só depois desse longo processo é que temos o nosso burel, um material natural e não poluente, reciclável, renovável e durável.

Agora podemos começar a criar !!!

CARACTERÍSTICAS

100% lã | Resistente ao fogo | Resistente à água | Isolante térmico e acústico | Higroscópico | Anti-electrostático | Resistente à abrasão | Flexível | Natural | Agro-produto | Não cria borboto